Como fazer Pintura Residencial passo a passo

Como fazer Pintura Residencial passo a passo

Como fazer Pintura Residencial passo a passo

Muitas pessoas fazem o próprio serviço de pintura  em suas residências, aproveitando as horas vagas e fins de semana, seja por falta de dinheiro. ou por Hobby mesmo, afinal é muito gratificante realizar um serviço braçal (de vez em quando). 

Como o serviço realizado é para você mesmo, pode até não ficar muito bom que não vai ter problemas, afinal foi o próprio dono da residência que efetuou os serviços.

Mas quando for bancar o "Pintor residencial".... Para que o serviço fique de bom grado, e você não venha a ter prejuizo com perda de material e retrabalho, siga algumas dicas do Roberto Angelo Construtor, o Roberto atua na Prestação de serviços de Construção residencial a quase 15 anos em Cotia e Região. vamos ao passo-a-passo da Pintura residencial.

Lista de Materiais para a Pintura da sua Residência

Não da nem para pensar em começar os trabalhos de pintura sem ter todos os materiais necessários, segue uma lista básica de materiais e ferramentas para facilitar;

* Bandeja de pintura

* Rolo de lã de carneiro 23 cm

* Cabo para rolo de pintura

* Extensor de 2 metros ( se não quiser usar o cabo de vassoura)

* Espátula de aço 10cm

* Trincha para latéx de 50mm

* Massa corrida PVA

* Tinta Latéx

* Gesso lento em pó

* Lixa de parede 100

moca pintando residencia

Liberando o espaço para pintura da sua casa

Embora a pintura seja a etapa final da reforma, onde já foi realizado toda "quebradeira" e já foi feito a maior parte da sujeira, a pintura requer descascar a parede e lixar a massa, esta etapa gera muita poeira, então para que você não fique com os mobiliários empoeirados se for possível, retire todos os móveis do comodo que será pintado, lógico que liberar a área totalmente é o melhor dos mundos, mas se você não tiver para onde levar os móveis, arraste os para o meio do cômodo e compre lona plástica preta e fita lacradora ( aquele durex grandão) em um depósito de materiais de construção, para você cobrir os seus móveis.

Descobrindo os problemas da pintura antiga

Se você resolveu Pintar a sua casa, entendo que ela está bem feia não é mesmo? mas acredite é preciso dar uma olhada bem minuciosa principalmente nas partes mais próximas do piso, com uma espátula procure na parede se existe partes fofas e mofos, se encontrar não tenha dúvida use a espátula de aço para remover esta camada de tinta solta, se você não remover as partes soltas da pintura antiga, quando você for fazer a nova pintura e molhar estas partes soltas a tinta velha vai sair no rolo e vai lhe dar muita dor de cabeça.

Abrindo e corrigindo as trincas

Use a espátula de aço para "abrir de vez" as trincas que você encontrar, se forem pequenas de um a dois milimetros, basta abrir um pouco com a espátula e preencher com massa corrida que vai ficar bom , mas se a medida que você abrindo a trinca ela for ficando mais larga, pode ser que você precise fechá-la com gesso e até mesmo com alguma fita tipo " sela-trinca" também encontrada em depósitos de materiais.

Preparo das paredes para pintura

Abra todas as trincas, retire todas as partes fofas da pintura antiga, prencha as trincas com massa corrida, se for muito fundo utilize gesso antes da massa corrida para ter um acabamento melhor.

depois de recuperado todas as trincas e recompostos os buracos deixados pela remoção das partes fofas, aplique uma demão geral de massa corrida a fim de tirar as imperfeições que possam ter ficado.

 Lixamento da massa corrida

Após a aplicação da primeira demão de massa corrida deixe a parede secar ( mais ou menos umas seis horas), lixe toda a parede para tirar os excessos, aproveite para corrigir algum buraco que ficou. Se necessário depois de lixar aplique novamente uma demão final de massa corrida para sua parede ficar bem lisinha.

Pintura da parede ( primeira Demão)

Pintura residencial A primeira demão de tinta já vai deixar o cômodo com um ar de limpo, mas ainda está longe de ficar perfeito, comece fazendo os recortes, utilizando a trincha de 50mm pinte os cantinhos da parede, do teto e do rodapé, com muito cuidado principalmente no teto para não sujar, pinte somente a largura do pincel para não ficar marcado. Após fazer os "recortes", de a primeira demão de tinta em todas as paredes, deixe curar por duas ou três horas.

 

Correção dos "gatos"

A primeira demão serve para cobrir a  tinta antiga e dar a primeira cor nos reparos que você fez nas trincas (pois ficaram branco, certo?), depois da primeira demão secar ( cerca de duas a três horas), é a hora de verificar onde ficaram os "miaus" os famosos gatos, são os buracos que passaram despercebidos ou a massa corrida mal lixada em alguns pontos, corrija estes gatinhos e enquanto a parede continua secando, é hora de fazer a parte mais dificil da pintura.

Pintura do teto

Da mesma forma que fez com a parede, faça primeiramente com a trincha de 50mm o recorte do teto, agora com muito mais cuidado pois as paredes já estão com a primeira demão, feito o recorte pode dar a primeira demão de tinta, espere a cura e de também a segunda demão, que como trata-se de pintura sobre tinta antiga, duas demãos já dever ficar bom.

Pintura de casa

Pintura da Parede (Segunda demão)

Pronto, teto pintado, já pegamos "os gatos" que ficaram nas paredes, já  pintamos o teto, agora é a hora de ir para o grand finale, segunda demão de tinta nas paredes, novamente o recorte com o pincel de 50mm, com o dobro de cuidado pois o teto já está pronto, e em hipótese alguma podemos manchar o teto que a esta altura já está quase seco. Aplicado a segunda demão cabe avaliar a necessidade de mais uma demão, se ficou a seu gosto voilá, missão cumprida.

 


Prefere contratar um pintor?






 

Últimos Comentários

    Nenhum comentário enviado.

Publique seu comentário